quinta-feira, 31 de março de 2016



Fressura estufada

Para os que não conheçam este termo, fressura é um termo dado às vísceras dos animais e que se aproveitam para comer. Lembrei-me de partilhar esta receita porque na minha família há muitos apreciadores e também porque o cabrito que comprei trazia a dita fressura, que, embora pequena, deu para petiscar!

Ingredientes:

1/2 fressura
4 tomates médios maduros sem pele e cortados aos pedaços
1/2 pimento vermelho cortado em quadrados pequenos
1 cebola grande
sal e pimenta a gosto
50 cc de azeite

Confecção: 

Com a ajuda de uma tesoura cortar as vísceras em pedaços de cerca de 2 cm.



Deite o azeite num tacho com a fressura, já preparada, e leve a lume médio a fritar mexendo de quando em vez com uma colher de pau.


Quando a carne deixar de estar rosada, junte a cebola, o pimento e tempere com sal e pimenta. Tape o tacho e deixe cozer em lume brando cerca de 15 20 minutos.


Por fim junte o tomate e com o tacho tapado e em lume brando deixe apurar mais 10-15 minutos
Depois é só comer e chorar por mais, podem crer!
Podem acompanhar com batata cozida ou comer acompanhada de pão de centeio como  esta foi



Cabrito assado no forno


Ingredientes:

Metade de um cabrito cortado em pedaços grandes.
1 cabeça de alho,
1 colher de sopa de massa de pimentão,
1 colher de sopa de concentrado de tomate,
 3-4 folhas de louro,
salsa e pimenta a gosto,
1,5 dl de azeite,
500cc de vinho branco e
750 gramas de batatas para assar

Confecção:

Temperar, na véspera ou pelo menos 8 horas antes, o cabrito com uma massa feita com os alhos esmagados, a massa de pimentão, o concentrado de tomate e 1 colher de sopa de azeite. Salpicar com 1 dl de vinho branco, com a pimenta, salsa e com as folhas de louro.


Após  o tempo de marinar, levar o tabuleiro ao forno a 180º, regando, previamente, o cabrito com o restante azeite e a  metade do vinho.


Depois de 45 minutos, junte o restante vinho e suba temperatura para 200º.
Coza as batatas durante 8 minutos após o início da fervura e junte ao cabrito  depois de cerca de cinquenta minutos daquele estar a assar.


Deixe assar durante  mais cerca de 45 minutos



Sirva acompanhado de uma boa salada!






Bacalhau no forno à moda da avó Lena


Receitas de bacalhau há muitas mas esta é deliciosa...



Ingredientes:

5 lombos de bacalhau
5 dentes de alho
3 folhas de louro
5 tomates maduros
1 pimento vermelho
2 cebolas médias
1 dl de azeite
Sal e pimenta a gosto
Cerca de 5 pés de coentros
1 embalagem de natas de soja.
6 batatas médias, descascadas e cortadas em palitos grossos

Confecção: 

 Num tabuleiro barrado com azeite coloque os lombos de bacalhau, com a pele voltada para cima.
Corte os dentes de alho em lâminas e disponha-as em cima e por baixo do bacalhau. Salpique com o louro cortado em pedaços. Tempere com pimenta a gosto. Leve ao forno regulado a 180º.
 


Enquanto o bacalhau vai assando, colocamos as cebolas picadas, o pimento e o restante azeite num tacho que vai a lume brando até a cebola ficar transparente. Ao mesmo tempo fritamos as batatas, só para ficarem moles.





Em seguida adicionamos o tomate, limpo de peles e cortado aos pedaços e temperamos com sal. deixamos cozinhar em lume brando durante 3- 5 minutos. Quando este refogado estiver pronto reduzimos-lo a puré, com a ajuda da varinha mágica.



Por fim, com o lume desligado, juntamos as natas de soja e os coentros.


Retiramos o bacalhau do forno, colocamos à volta dos lombos as batatas e cobrimos tudo com o molho anterior. O tabuleiro com o bacalhau vai novamente ao forno durante cerca de vinte minutos.



Agora é só saborear...





Agora é só saborear.


Broas de mel da Beira Baixa ( receita da avó Isabel)


As broas de mel fazem parte das recordações, boas, da minha infância. Tradicionalmente, feitas em forno de lenha, faziam parte das iguarias das festas da minha aldeia. Como é habitual na culinária, há muitas receitas destes bolos, no entanto, as minhas recordações gustativas dizem-me que esta receita, da avó Isabel, é a melhor.

Ingredientes:


8 ovos inteiros
160 gramas de açúcar
400 ml de azeite
200 ml de mel
800 gramas de farinha com fermento
1 colher de café de fermento em pó
1/2 cálice de aguardente
2 gemas para barrar

Confecção:

Ligar o forno  e regular a temperatura para 200º com ventilação.

Bater os ovos inteiros com o açúcar, com a batedeira eléctrica, durante cerca de 5 minutos na velocidade máxima.




Juntar o mel e  o azeite e bater novamente, com a batedeira eléctrica durante mais uns 5 minutos.




Por fim, juntar a aguardente, o fermento e a farinha, a pouco e pouco, mexendo bem com uma colher de pau para envolver tudo muito bem.




 Com a ajuda de uma colher de sopa, deitar  a massa em tabuleiros, previamente untados com azeite e polvilhados de farinha. Barrar, com a ajuda de um pincel, as broas com gema de ovo. As broas devem ficar afastadas para não se pegarem.





 Levar os tabuleiros ao forno  e retirá-los quando as broas estiverem coradinhas.
Com esta quantidade de ingredientes fiz cerca de cinquenta broas!


.