quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Beringelas recheadas


Ingredientes


3 beringelas grandes
1 cebola média
150g de carne picada (porco, bovino ou frango)
2 colheres de sopa de azeite
1 alheira de caça
500ml de molho béchamel
1 colher de sopa de mostarda
2 colheres de sopa de sumo de limão
pão ralado
sal e pimenta qb.



Confecção

Lave e corte as beringelas no sentido longitudinal.
Com a ajuda de um faca, escave cada metade da beringela tendo o cuidado de manter integra a parte que resultou da operação anterior.
Coloque as beringelas  e o miolo que escavou num recipiente. Polvilhe tudo com sal e deixe ficar, pelo menos,  cerca de 30 minutos 
Numa frigideira coloque o azeite e a cebola e leve a lume médio. Quando a cebola ficar transparente junte a carne picada e quando esta mudar de cor junte a alheira (sem pele e cortada em pedacinhos). Envolva tudo bem e deixe cozinhar cerca de 5 minutos.
Numa taça misture o molho béchamel com a mostarda, sumo de limão e polvilhe com pimenta.

Forre com película de alumínio um tabuleiro que possa ir ao forno.
Coloque dentro as beringelas , previamente, passadas por água para retirar o sal e o líquido que se formou. Recheie com a mistura de carne picada e alheira e regue com uma colher de sopa de béchamel, previamente, preparado.



Cobrir com o miolo  da beringela, lavado do sal,   e deitar por cima o restante molho béchamel. Polvilhe com pão ralado e leve ao forno, previamente aquecido a 180º, durante cerca de 30 minutos.


Sirva acompanhado de uma salada


segunda-feira, 9 de maio de 2016

Biscoitos de azeite - receita da avó Isabel


Esta receita, como outras  deste blogue, faz parte das memórias gustativas da minha infância. Na minha aldeia, da Beira Baixa, não havia festa, boda ou comemoração em que os biscoitos não fizessem parte  da mesa de doces. Na minha memória ficou para sempre o cheiro dos biscoitos quentes a sair do forno de lenha! Aqui vos deixo  a receita dos biscoitos, da minha família materna,  que são deliciosos, garanto-vos.

Ingredientes:


7 ovos inteiros
5 gemas
1/2 litro de azeite
400 gr de açúcar
raspa de 1 limão
1 colher de chá de canela
1 cálice de aguardente 
cerca de 1,5 Kg de farinha com fermento
misturar açúcar com canela para polvilhar
2 gemas de ovo misturadas com 1 colher de sobremesa de leite para barrar os biscoitos

Confecção:

Ligue o forno do fogão e regule a temperatura para 200º (forno ventilado).
Bata, com a batedeira eléctrica na velocidade máxima, os ovos inteiros com o açúcar, durante cinco minutos. Junte o azeite e bata, novamente, durante mais cinco minutos. Misture com uma colher de pau a raspa do limão, a canela e a aguardente. Misture a farinha lentamente não parando de bater, agora com a colher de pau, até a massa ter uma consistência que possa ser moldada à mão.
Para facilitar esta operação polvilhe as mãos com farinha. Se verificar que é necessário acrescentar mais farinha, do que a referida na receita, junte mais um pouco mas com cuidado . A massa não deve pegar aos dedos mas também não deve ter muita consistência!
Pincele um tabuleiro com azeite e forre o fundo com papel vegetal. Torne a pincelar com azeite o papel e polvilhe com farinha. Molde biscoitos em forma de SS ou outra forma e coloque-os ao lado uns dos outros, deixando um espaço de cerca de dois a três dedos entre eles. Barre com a gema de ovo e polvilhe com açúcar e canela. Coloque no forno na prateleira do meio , durante cerca de 12 minutos ou até ficarem douradinhos.
 Repita a operação até acabar a massa.
Com esta receita fiz cerca de 70 unidades. 


quinta-feira, 31 de março de 2016



Fressura estufada

Para os que não conheçam este termo, fressura é um termo dado às vísceras dos animais e que se aproveitam para comer. Lembrei-me de partilhar esta receita porque na minha família há muitos apreciadores e também porque o cabrito que comprei trazia a dita fressura, que, embora pequena, deu para petiscar!

Ingredientes:

1/2 fressura
4 tomates médios maduros sem pele e cortados aos pedaços
1/2 pimento vermelho cortado em quadrados pequenos
1 cebola grande
sal e pimenta a gosto
50 cc de azeite

Confecção: 

Com a ajuda de uma tesoura cortar as vísceras em pedaços de cerca de 2 cm.



Deite o azeite num tacho com a fressura, já preparada, e leve a lume médio a fritar mexendo de quando em vez com uma colher de pau.


Quando a carne deixar de estar rosada, junte a cebola, o pimento e tempere com sal e pimenta. Tape o tacho e deixe cozer em lume brando cerca de 15 20 minutos.


Por fim junte o tomate e com o tacho tapado e em lume brando deixe apurar mais 10-15 minutos
Depois é só comer e chorar por mais, podem crer!
Podem acompanhar com batata cozida ou comer acompanhada de pão de centeio como  esta foi



Cabrito assado no forno


Ingredientes:

Metade de um cabrito cortado em pedaços grandes.
1 cabeça de alho,
1 colher de sopa de massa de pimentão,
1 colher de sopa de concentrado de tomate,
 3-4 folhas de louro,
salsa e pimenta a gosto,
1,5 dl de azeite,
500cc de vinho branco e
750 gramas de batatas para assar

Confecção:

Temperar, na véspera ou pelo menos 8 horas antes, o cabrito com uma massa feita com os alhos esmagados, a massa de pimentão, o concentrado de tomate e 1 colher de sopa de azeite. Salpicar com 1 dl de vinho branco, com a pimenta, salsa e com as folhas de louro.


Após  o tempo de marinar, levar o tabuleiro ao forno a 180º, regando, previamente, o cabrito com o restante azeite e a  metade do vinho.


Depois de 45 minutos, junte o restante vinho e suba temperatura para 200º.
Coza as batatas durante 8 minutos após o início da fervura e junte ao cabrito  depois de cerca de cinquenta minutos daquele estar a assar.


Deixe assar durante  mais cerca de 45 minutos



Sirva acompanhado de uma boa salada!